Como economizar energia e quais são os melhores horários para isso.

10 de outubro de 2023
melhor horário para economizar energia

Nos últimos anos, a tarifa de energia elétrica já chegou a bandeira vermelha 2 e fez toda a população pagar mais caro pela eletricidade consumida. Esse aumento é praxe sempre que as condições de geração não estão favoráveis. Você sabe qual é o melhor horário para economizar energia? Vem conferir!

Para tentar doer menos no bolso, vale saber informações relevantes como qual o melhor horário para economizar energia.

E será que existe realmente um momento ideal para utilizarmos os eletrodomésticos e realizar as atividades essenciais da rotina sem consumir tanta eletricidade?

É possível, porém não é uma atitude isolada que faz a diferença. Controlar o uso de aparelhos e mudar hábitos e pequenos vícios no consumo diário também é necessário para conseguir economizar energia.

Então, continue lendo e entenda qual o melhor horário, o mais barato e dicas para diminuir o consumo de energia elétrica.

Afinal, qual o melhor horário para economizar energia?

O melhor horário para economizar energia é evitar o consumo durante o horário de ponta ou pico que, geralmente, vai de 18h a 21h. Essa faixa pode variar de estado para estado e até de cidade, de acordo com as definições da distribuidora responsável pela região.

É comum que em algumas cidades o período de ponta comece às 17h30 e termine às 20h30. Então, é preciso confirmar quando o horário começa onde você mora.

Mas qual o motivo de economizar durante o horário de pico? Bom, nessa faixa de horário, a maioria das pessoas está chegando em casa do trabalho e, consequentemente, o consumo de energia aumenta.

São lâmpadas ligadas, chuveiros, televisores, etc. Imagine esse consumo multiplicado por milhões de pessoas e o sistema de abastecimento tendo que fornecer energia para atender a demanda.

Por isso, nessa faixa de horário é cobrado um valor superior ao da tarifa convencional que estiver vigente. O resultado é que se o seu consumo for maior nesse horário, a sua fatura de energia provavelmente será mais cara.

Também existe uma faixa chamada de horário intermediário que é uma hora antes e uma hora depois do horário de ponta. Considerando que ele começa às 18h, então de 17h às 17h59 e termina às 21h, então de 20h às 2h59, a tarifa cobrada do consumidor ainda fica acima da taxa convencional.

Então, o recomendado é enxugar ao máximo a quantidade de consumo e planejar algumas atividades fora do horário de pico e intermediário.

E qual o horário em que a energia é mais barata?

Se existe um horário em que a eletricidade é mais cara, também existe o período em que ela é mais barata. Isso significa que a tarifa de energia elétrica não terá o adicional cobrado no horário de ponta, ficando até abaixo.

Porém, se a bandeira do momento for a mais cara (bandeira vermelha ou vermelha 2, por exemplo), fazer um consumo consciente continua sendo essencial.

Dessa forma, o horário em que a energia é mais barata é fora do horário de pico, ou seja, entre 21h e 17h do próximo dia.

A explicação é que nesse intervalo, a demanda de consumo é muito menor e o valor cobrado pela distribuidora fica abaixo da tarifa convencional.

As pessoas que têm disponibilidade para organizar a rotina e priorizar a parte da manhã e começo da tarde para tarefas conseguem poupar mais.

IMPORTANTE: horário de ponta/pico e o horário fora de ponta são válidos apenas durante a semana. Nos fins de semana, não existe a variação da tarifa de consumo.

melhor horário para economizar energia

5 dicas para economizar energia em casa

Além de ficar atento ao horário de pico, o segredo para economizar energia em casa é mudar hábitos de consumo na rotina da casa que favoreçam a redução nos gastos.

Veja algumas dicas abaixo que contribuem para economizar no dia a dia:

1. Evite usar eletrodomésticos que consomem muito no horário de pico

Já vimos que o horário de pico é um vilão da economia, por isso, o melhor é evitar o uso de eletrodomésticos que consomem muita energia em conjunto durante esse horário.

O ideal é esperar para ligar chuveiro, ar-condicionado ou aquecedor, fogão elétrico, aspirador de pó, entre outros equipamentos mais tarde.

Se alguém na casa não se incomoda com água fria, pode tomar banho primeiro com o chuveiro desligado, por exemplo, ou ser extremamente rápido se usá-lo ligado.

Além disso, acenda a luz apenas do cômodo em que você estiver e não deixe aparelhos em stand by, pois aquela luzinha também consome e até mais do que se imagina. #ficaadica.

2. Concentre as atividades da casa na parte da manhã

Essa dica vai para quem tem mais flexibilidade na rotina e pode concentrar as atividades de limpeza e manutenção da casa fora do horário de pico.

Como explicamos, nessa faixa a demanda de consumo é mais baixa, assim como a tarifa cobrada, o que ajuda a economizar.

Mas isso não significa que você vai usar todos os eletrodomésticos da casa juntos de manhã. Organize um cronograma para levar roupa em um dia específico da semana e depois separe um dia apenas para passar o que for essencial para você.

3. Aproveite a iluminação natural

Uma forma simples e eficiente de economizar energia é aproveitar ao máximo a iluminação natural. Abra as cortinas, janelas e portas para deixar a luz do sol entrar nos ambientes.

Dessa forma, você pode reduzir o uso de lâmpadas durante o dia, principalmente em locais onde a luz natural é abundante. Além de economizar energia, a iluminação natural também traz benefícios para o bem-estar e saúde, pois proporciona uma sensação de conexão com a natureza.

4. Utilize lâmpadas de LED

Substituir lâmpadas incandescentes e fluorescentes por lâmpadas de LED é uma maneira eficiente de economizar energia. As lâmpadas de LED consomem menos energia e têm uma vida útil mais longa, o que reduz a necessidade de trocas frequentes.

Além disso, as lâmpadas de LED são mais sustentáveis, pois não contêm materiais tóxicos, como o mercúrio presente nas lâmpadas fluorescentes. Portanto, ao trocar as lâmpadas da sua casa, opte por modelos de LED e contribua para a preservação do meio ambiente.

5. Desligue os aparelhos da tomada

Mesmo quando os aparelhos eletrônicos estão desligados, muitos deles continuam consumindo energia quando estão conectados à tomada. Esse consumo é conhecido como "consumo em standby" e pode representar até 10% do consumo total de energia de uma residência.

Para evitar esse desperdício, forme o hábito de desligar os aparelhos da tomada quando não estiverem em uso. Isso inclui televisões, computadores, carregadores de celular, cafeteiras e outros aparelhos que possuem transformadores internos.

Ao adotar essa prática simples, você estará reduzindo o consumo de energia da sua casa e contribuindo para a preservação dos recursos naturais.

melhor horário para economizar energia

Conclusão

Economizar energia é uma atitude importante não apenas para o bolso, mas também para o meio ambiente. Conhecendo o melhor horário para consumir energia e adotando hábitos e dicas de consumo consciente, é possível reduzir a conta de luz e contribuir para a sustentabilidade.

Lembre-se de evitar o horário de pico, concentrar as atividades da casa na parte da manhã, aproveitar a iluminação natural, utilizar lâmpadas de LED e desligar os aparelhos da tomada quando não estiverem em uso.

Além disso, se você está em busca de uma alternativa ainda mais sustentável e econômica, considere investir em energia solar. A energia solar é uma fonte limpa e renovável que pode gerar economia significativa na conta de luz ao longo do tempo.

Portanto, faça a sua parte e adote práticas de consumo consciente de energia. Pequenas mudanças no dia a dia podem fazer uma grande diferença tanto para o seu bolso quanto para o meio ambiente.

Aproveite todas as dicas e horários econômicos para economizar energia e contribuir para um futuro mais sustentável!