Conta de luz Cemig: entenda como funciona e todas as tarifas

28 de abril de 2023

Saber analisar a sua conta de luz Cemig é importante por alguns motivos: primeiro, ajuda você a compreender seus próprios hábitos de consumo de energia elétrica. E, consequentemente, ajuda a compreender as razões para essa despesa se alimentar tanto do seu orçamento mensal.

Assim, para ajudar você nessa missão, preparamos este post. Nele, vamos mostrar tudo o que você precisa saber sobre a sua conta de luz Cemig. Confira, a seguir!

Entenda a conta de luz da Cemig

Você não precisa focar, exclusivamente, em analisar somente o preço a pagar na sua conta de luz Cemig. Afinal de contas, taxas, tributos e até mesmo tarifas distintas fazem parte da composição daquilo que você paga mensalmente.

Então, vale a pena compreender tudo o que consta nesse documento para que você — e milhões de outros brasileiros — lidam com despesas tão altas quase que mensalmente.

Confira quais são as informações importantes e presentes na sua conta de luz Cemig!

Informações do cliente

Sua conta de luz deve disponibilizar suas informações de identificação, como:

nome;

  • endereço;
  • CEP;
  • CPF ou CNPJ.

Isso é o que traz autenticidade e formalização ao documento. É, inclusive, a maneira com a qual a Cemig sabe que você é, bem, você e consegue enviar a conta de luz mensalmente.. 

Classificação da instalação do cliente

Seu tipo de instalação define a modalidade tarifária praticada pela Cemig, que pode ser

  • residencial;
  • comercial;
  • industrial;
  • rural;
  • de poder público.

Cada um deles possui valores e tarifas distintos. Com isso, varia a leitura de informações técnicas e é o que modifica o preço final pago por uma um comércio e uma residência com consumos similares. 

Informações gerais

Houve algum ajuste na conta, desconto ou mudança na bandeira tarifária? É nessa parte de informações gerais que a Cemig vai notificar essas alterações entre outros comunicados.

É aqui, inclusive, que as residências optantes pela assinatura de energia solar conseguem analisar seu saldo de crédito. 

Histórico de consumo

É sempre importante analisar o seu histórico de consumo — more você em uma casa ou apartamento. Pois isso ajuda você a avaliar uma média de consumo e, consequentemente, avaliar o quanto você e sua família conseguem/podem arcar com esse tipo de despesa.

Valores faturados

Valores faturados permitem analisar, individualmente, o cálculo por trás da sua conta de energia elétrica e conforme a sua modalidade de contratação. Afinal, existem diferentes itens que ajudam a compor o valor final da sua conta de luz, como:

  • quantidade de energia consumida (medida em kW/h);
  • tarifa da sua modalidade de contratação;
  • impostos;
  • contribuição de iluminação pública;
  • eventuais juros e correções.

Se você um dia optar pela energia solar por assinatura, aqui também serão apontados os valores devidos em créditos solares.

Impostos federais e estaduais

Todo cidadão tem que pagar por impostos relacionados ao consumo de energia elétrica. E, no caso da conta de luz da Cemig, você vai se deparar com:

  • impostos federais, como é o caso do PASEP e COFINS;
  • impostos estaduais, como o ICMS.

Informações de pagamento da conta de luz

As informações de pagamento — caso do valor total a ser pago, bem como a data de vencimento — estão localizadas nessa parte da sua conta de luz Cemig.

Você pode, inclusive, usar o código de barras para realizar o pagamento nessa mesma área do documento. 

O que está incluso na conta além da energia?

O que está incluso na conta além da energia?

Agora que você já sabe tudo o que consta em uma conta de luz da Cemig, já é possível analisar, individualmente, as características que compõem o preço final dessa despesa.

E, basicamente, estamos falando da:

Ou seja: não se trata apenas de pagar pelo consumo, mas de detalhes que contribuem, significativamente, para o aumento no valor final pago pelos brasileiros sob a concessão da Cemig e de outras distribuidoras de energia elétrica.

Encargos e subsídios: saiba porque devemos pagá-los

Encargos e subsídios, em uma conta de luz, estão relacionados com uma série de questões, como:

  • CDE (Conta de Desenvolvimento Energético);
  • CCC (Conta de Consumo de Combustíveis);
  • ESS (Encargos de Serviços do Sistema);
  • PROINFA (Programa de Incentivo a Fontes Alternativas);
  • RGR (Reserva Global de Reversão);
  • TFSEE (Taxa de Fiscalização de Serviços de Energia Elétrica);
  • P&D (Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética);
  • ONS (Operador Nacional do Sistema);
  • CFURH (Compensação Financeira pelo Uso de Recursos Hídricos).

Tudo isso participa do valor final da sua conta de luz Cemig, mas entenda que também faz parte da rotina de todos os outros brasileiros com acesso a energia elétrica.

Impostos na energia: entenda quais são os impactos na sociedade

Também podemos destacar a necessidade de pagamento de impostos na sua conta de luz Cemig. Afinal, são eles que se alinham à realidade de cada brasileiro, uma vez que existem tributos federais, estaduais e municipais.

No estado de Minas Gerais, por exemplo, os seguintes tributos são cobrados: PIS, COFINS, ICMS e CIP. No caso do ICMS, em MG a alíquota é de:

  • 30% para clientes de baixa tensão residencial;
  • 25% para estabelecimentos comerciais;
  • 18% para estabelecimentos industriais.

PIS e COFINS têm alíquotas de 1,65% e 7,6%, respectivamente. E tem, ainda, a CIP, um imposto municipal. Assim, é cobrada uma taxa de iluminação pública, que é proporcional ao consumo de energia elétrica.

Quais bandeiras tarifárias impactam diretamente sua conta de luz?

Por fim, vale a pena entender melhor o impacto de cada bandeira tarifária na sua conta de luz Cemig. Pois isso é variável conforme as situações hídricas no país. E isso se distingue nas possibilidades que veremos a seguir.

Bandeira verde

Não existe acréscimo na cobrança de sua conta de luz Cemig, aqui, pois são as melhores condições para a geração de energia elétrica.

Bandeira amarela

Em condições menos favoráveis, a bandeira amarela é acionada, havendo um acréscimo de R$ 1,34 a cada 100 kW/h consumidos.

Bandeira vermelha - Patamar 1

As concessionárias gastam mais dinheiro para gerar energia, quando o primeiro patamar da bandeira vermelha é acionado. O acréscimo, aqui, é de R$ 4,16 para cada 100 kW/h.

Bandeira vermelha - Patamar 2

Aqui, a tarifa sofre reajuste de R$ 6,24 para cada 100 kW/h consumidos.

Como acontecem os reajustes e revisões tarifárias da conta de luz Cemig?

Existem três fatores que participam do reajuste de valor em uma conta de luz da Cemig:

  • reajuste tarifário (ajuste anual);
  • revisão tarifária periódica (acontece de cinco em cinco anos);
  • revisão tarifária extraordinária.

Saiba como economizar na conta de luz Cemig

A gente entende: existem muitos fatores em torno do preço final da sua conta de luz Cemig. Também por conta disso — mas não exclusivamente —, mais pessoas têm buscado alternativas para economizar na conta de luz Cemig.

Saiba como economizar na conta de luz Cemig

Assim, é inegável que a geração de energia por meio de fontes renováveis é uma das principais soluções para isso. Mas nem todos têm espaço e/ou o investimento necessário, no momento, para fazer uso desse tipo de solução — como a energia solar.

Assim, é aí que entra a solução de energia solar por assinatura da Maya Energy! Clique aqui e descubra como economizar, todos os meses, na sua conta de luz Cemig!

Conclusão

De fato, você viu como sua conta de luz Cemig é alta porque, além do consumo, existem outros fatores que influenciam o valor final?

Assim, é muito importante manter um olhar atento ao consumo de energia, claro, mas a bandeira tarifária, os encargos e os impostos influenciam altamente no preço final. Por isso, confira as alternativas que podem ajudar a tornar essa despesa mais acessível, todos os meses. E conte conosco para isso!